Câmara aprova urgência para reforma trabalhista e proposta pode ser votada na próxima semana. O requerimento foi aprovado com 287 votos a favor, 30 a mais que o mínimo necessário

O requerimento foi aprovado com 287 votos a favor, 30 a mais que o mínimo necessário
O requerimento foi aprovado com 287 votos a favor, 30 a mais que o mínimo necessário

BRASÍLIA (Reuters) – A Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira um requerimento para conferir regime de urgência à reforma trabalhista, possibilitando sua votação na comissão especial na próxima terça-feira e no plenário da Casa na quarta-feira.

O requerimento foi aprovado com 287 votos a favor, 30 a mais que o mínimo necessário. Na véspera, o governo fracassou em conseguir pelo menos 257 votos para aprovar requerimento semelhante.

A reforma trabalhista é tida como prioritária para o governo e também servirá de termômetro do comportamento da base, um teste, para a votação da reforma da Previdência.

(Reportagem de Maria Carolina Marcello)

https://redealmeidense.com.br/wp-content/uploads/Câmara-só-deve-ser-concluída-na-próxima-semana-1.jpghttps://redealmeidense.com.br/wp-content/uploads/Câmara-só-deve-ser-concluída-na-próxima-semana-1-150x92.jpgRede AlmeidenseNoticiaCâmara aprova urgência para reforma trabalhista e proposta pode ser votada na próxima semana. O requerimento foi aprovado com 287 votos a favor, 30 a mais que o mínimo necessário BRASÍLIA (Reuters) - A Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira um requerimento para conferir regime de urgência à reforma trabalhista,...Notícia de política e informação financeira