Fãs comemoram 70 anos do primeiro LP com novas cópias de disco histórico

Na quinta-feira se comemoram 70 anos desde que a Columbia Records lançou o LP, e a loja de música britânica HMV e a Sony Classical. Fãs comemoram 70 anos do primeiro LP com novas cópias de disco histórico

Edição limitada de Concerto em Mi Menor de Mendelssohn na Biblioteca Britânica, em Londres

Edição limitada de Concerto em Mi Menor de Mendelssohn na Biblioteca Britânica, em Londres 15/06/2018 REUTERS/Toby Melville

LONDRES (Reuters) – No porão da Biblioteca Britânica, o curador Andy Linehan inspeciona o item mais recente de um imenso arquivo de cilindros fonográficos, cassetes, LPs e CDs —um disco de vinil que fez história na música.

Lançado nos Estados Unidos em 1948, o Concerto em Mi Menor de Mendelssohn, interpretado pelo violinista Nathan Milstein com a Orquestra Filarmônica de Nova York, foi o primeiro LP de vinil de todos os tempos.

O disco de 12 polegadas e 33 1/3 rpm permitiu que peças mais longas fossem gravadas, mudando a maneira como a música era escutada.

“O fato de que o LP surgiu foi um grande passo para a gravação de música e para o ouvinte”, disse Linehan, curador de música popular do arquivo de som da Biblioteca Britânica.

“Antes você só conseguia cerca de 3 minutos de um lado de um disco, e agora, por ter um sulco mais estreito e uma velocidade menor, você podia ter até 20 minutos, o que significava que podia ter uma composição clássica inteira de um lado de um disco… podia ter todo um conjunto de canções juntas em um disco”.

Na quinta-feira se comemoram 70 anos desde que a Columbia Records lançou o LP, e a loja de música britânica HMV e a Sony Classical recriaram 500 cópias do concerto para presentear fãs, com uma réplica doada ao arquivo da Biblioteca Britânica.

Reportagem de Marie-Louise Gumuchian; Reportagem adicional de George Sargent e Edward Baran

Deixe uma resposta