Em entrevista coletiva no Palácio do Planalto, ele disse não ver suporte constitucional. Marun critica Barroso por decisão sobre indulto de Natal.

Redação Reuters  1 Min, DE LEITURA  BRASÍLIA (Reuters) - O ministro da Secretaria de Governo, Carlos Marun, criticou o ministro do Supremo Tribunal Federal Roberto Barroso por ter divulgado nesta segunda-feira uma nova decisão sobre o decreto de indulto de Natal, assinado pelo presidente Michel Temer em dezembro. Carlos Marun concede entrevista em Brasília 17/4/2017 REUTERS/Ueslei Marcelino
Carlos Marun concede entrevista em Brasília
17/4/2017 REUTERS/Ueslei Marcelino

BRASÍLIA (Reuters) – O ministro da Secretaria de Governo, Carlos Marun, criticou o ministro do Supremo Tribunal Federal Roberto Barroso por ter divulgado nesta segunda-feira uma nova decisão sobre o decreto de indulto de Natal, assinado pelo presidente Michel Temer em dezembro.

Em entrevista coletiva no Palácio do Planalto, ele disse não ver suporte constitucional para que um ministro do Supremo estabeleça regras para o indulto de Natal. Para Marun, está havendo um aviltamento injustificado das prerrogativas do presidente.

Reportagem de Lisandra Paraguassu

noticiaUncategorizedEm entrevista coletiva no Palácio do Planalto, ele disse não ver suporte constitucional. Marun critica Barroso por decisão sobre indulto de Natal. BRASÍLIA (Reuters) - O ministro da Secretaria de Governo, Carlos Marun, criticou o ministro do Supremo Tribunal Federal Roberto Barroso por ter divulgado nesta segunda-feira uma nova decisão...Política - Economia - Negócios - Mercado financeiro.