BRASÍLIA (Reuters) – O presidente da República, Michel Temer, está tomando antibióticos para combater uma infecção urinária e deverá viajar nesta semana à capital paulista para fazer novos exames, disse uma fonte do Palácio do Planalto.

Presidente Michel Temer durante posse da procuradora-geral da República, Raquel Dodge, em Brasília 18/09/2017 REUTERS/Ueslei Marcelino
Presidente Michel Temer durante posse da procuradora-geral da República, Raquel Dodge, em Brasília 18/09/2017 REUTERS/Ueslei Marcelino

Em São Paulo, o presidente também avaliará a possibilidade de retirar a sonda urinária colocada em meados de dezembro, após passar por um procedimento urológico no Hospital Sírio-Libanês. Na ocasião, os médicos estimaram que a sonda poderia ser retirada em três semanas.

A assessoria do Palácio do Planalto não confirmou as informações.

Reportagem de Lisandra Paraguassu

http://redealmeidense.com.br/noticia/wp-content/uploads/2017/12/Presidente-Michel-Temer-durante-posse-da-procuradora-geral-da-República-Raquel-Dodge-em-Brasília-.jpghttp://redealmeidense.com.br/noticia/wp-content/uploads/2017/12/Presidente-Michel-Temer-durante-posse-da-procuradora-geral-da-República-Raquel-Dodge-em-Brasília--150x90.jpgnoticiaUncategorizedBRASÍLIA (Reuters) - O presidente da República, Michel Temer, está tomando antibióticos para combater uma infecção urinária e deverá viajar nesta semana à capital paulista para fazer novos exames, disse uma fonte do Palácio do Planalto. Em São Paulo, o presidente também avaliará a possibilidade de retirar a sonda urinária...Política - Economia - Negócios - Mercado financeiro.