Suspeito se entregou à polícia no município de Água Boa nesta sexta-feira.
Operação batizada de Hashtag foi deflagrada a 15 dias da Rio 2016.

Suspeito se entregou à polícia no município de Água Boa nesta sexta-feira. Operação batizada de Hashtag foi deflagrada a 15 dias da Rio 2016.
Suspeito se entregou à polícia no município de Água Boa nesta sexta-feira.
Operação batizada de Hashtag foi deflagrada a 15 dias da Rio 2016.

Suspeito de ligação do Estado Islâmico, o mecânico Leonid El Kadre de Melo, que estava foragido, se entregou nesta sexta-feira à polícia na cidade de Água Boa, a 736 km de Cuiabá. Além do mecânico, a Polícia Federal havia prendido outros dez suspeitos de planejar um ataque durante a Olimpíada, na Operação Hashtag. Eles são suspeitos, segundo o Ministério da Justiça, de terem realizado “atos preparatórios” visando ações terroristas.

Na quinta-feira (21), a polícia chegou a cumprir um mandado de busca e apreensão na residência de Leonid, em Vila Bela da Santíssima Trindade, a 562 km de Cuiabá.

Estas foram as primeiras prisões no Brasil com base na recente lei antiterrorismo, sancionada em março pela presidente afastada, Dilma Rousseff. Também foram as primeiras detenções por suspeita de ligação com o grupo terrorista Estado Islâmico, que tem cometido atentados em várias partes do mundo.

http://redealmeidense.com.br/noticia/wp-content/uploads/2016/07/Foragido-da-operação-antiterrorismo-da-PF-se-entrega-em-Mato-Grosso.jpghttp://redealmeidense.com.br/noticia/wp-content/uploads/2016/07/Foragido-da-operação-antiterrorismo-da-PF-se-entrega-em-Mato-Grosso-150x150.jpgnoticiaNotícias em destaquesSuspeito se entregou à polícia no município de Água Boa nesta sexta-feira. Operação batizada de Hashtag foi deflagrada a 15 dias da Rio 2016. Suspeito de ligação do Estado Islâmico, o mecânico Leonid El Kadre de Melo, que estava foragido, se entregou nesta sexta-feira à polícia na cidade de Água Boa,...Política - Economia - Negócios - Mercado financeiro.