Ao conceder entrevista após cerimônia de juramento do novo secretário de Saúde. Trump diz que abordará comércio e imigração no discurso do Estado da União.

Trump, nunca convidado como um empresário, será o primeiro presidente norte-americano a participar em Davos desde Bill Clinton
Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, chega a Zurique, na Suíça 25/01/2018 REUTERS/Carlos Barria

WASHINGTON (Reuters) – O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse nesta segunda-feira que abordará a proposta de revisão da imigração no discurso do Estado da União na terça-feira e buscará apoio dos democratas para isso.

Ao conceder entrevista após cerimônia de juramento do novo secretário de Saúde e Serviços Humanos, Alex Azar, Trump afirmou que sua revisão de imigração terá que ser bipartidária “porque os republicanos realmente não têm os votos para fazê-lo de qualquer outra forma”.

Trump também disse que o discurso irá abranger seus esforços para reduzir as barreiras comerciais em todo o mundo para as exportações norte-americanas. “Temos de ter um comércio recíproco. Não é mais um acordo de uma mão”, disse.

Reportagem de Steve Holland

https://redealmeidense.com.br/mundo/wp-content/uploads/2018/01/Presidente-dos-Estados-Unidos-Donald-Trump-durante-pronunciamento-na-Casa-Branca-em-Washington-1-1024x683.jpghttps://redealmeidense.com.br/mundo/wp-content/uploads/2018/01/Presidente-dos-Estados-Unidos-Donald-Trump-durante-pronunciamento-na-Casa-Branca-em-Washington-1-150x150.jpgMundoUncategorizedAo conceder entrevista após cerimônia de juramento do novo secretário de Saúde. Trump diz que abordará comércio e imigração no discurso do Estado da União. WASHINGTON (Reuters) - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse nesta segunda-feira que abordará a proposta de revisão da imigração no discurso do Estado...As últimas notícias sobre o mundo: Notícia - Política - Economia e Negócios.