Software que integra dados do LinkedIn é aposta da Microsoft para enfrentar Salesforce

Software que integra dados do LinkedIn é aposta da Microsoft para enfrentar Salesforce

Software que integra dados do LinkedIn é aposta da Microsoft para enfrentar Salesforce – e representam a primeira grande iniciativa de produto a surgir desde a aquisição por 26 bilhões de dólares da LinkedIn, a rede social voltada para negócios da Microsoft.

Software que integra dados do LinkedIn é aposta da Microsoft para enfrentar Salesforce
Software que integra dados do LinkedIn é aposta da Microsoft para enfrentar Salesforce

Por Stephen Nellis

SAN FRANCISCO (Reuters) – A Microsoft está lançando melhorias em seu software de vendas que integra dados do LinkedIn, uma iniciativa que o presidente-executivo da Microsoft, Satya Nadella, disse à Reuters ser fundamental para a estratégia de longo prazo da empresa para desenvolver software especializado em negócios.

As melhorias ao Dynamics 365, como o software de vendas da Microsoft é chamado, são um desafio para a líder de mercado Salesforce.com e representam a primeira grande iniciativa de produto a surgir desde a aquisição por 26 bilhões de dólares da LinkedIn, a rede social voltada para negócios da Microsoft.

As novas funcionalidades irão vasculhar os emails, o calendário e os relacionamentos do LinkedIn dos vendedores para ajudar a avaliar quão próximo é seu relacionamento com clientes potenciais. O sistema irá recomendar maneiras de salvar um negócio em risco, como chamar um colega de trabalho que está conectado ao potencial cliente no LinkedIn.

Os aprimoramentos, que estarão disponíveis em meados deste ano, exigirão que os clientes da Microsoft Dynamics também sejam clientes do LinkedIn.

Os recursos de inteligência artificial (AI na sigla em inglês) do software são centrais, disse Nadella. “Eu quero ser capaz de democratizar a AI para que qualquer cliente usando o produto possa, de fato, pegar seus próprios dados e carregá-los na AI para si”, disse ele.

Embora a Microsoft seja uma gigante no mercado de sistemas operacionais e softwares de produtividade, como o Office, a empresa tem uma participação pequena em software de vendas. A Microsoft ocupa o quarto lugar – atrás de Salesforce.com e das outras rivais Oracle e SAP – com apenas 4,3 por cento do mercado em 2015, o ano mais recente para o qual existem números disponíveis, de acordo com a empresa de pesquisa Gartner.

(Por Stephen Nellis)

Olá, mundo! a História da Internet no Brasil

Olá, mundo! a História da Internet no Brasil

Panorama da Chapada Diamantina, na Bahia.
Panorama da Chapada Diamantina, na Bahia.

A Internet no Brasil se desenvolveu junto ao meio acadêmico e científico em meados dos anos 1990, e no seu início, o acesso era restrito a professores e funcionários de universidades e instituições de pesquisa. Somente em maio de 1995 a internet deixou de ser privilégio das universidades e da iniciativa privada para se tornar de acesso público. Desde então o número de provedores que oferecem o serviço e número de usuários que utilizam este recurso aumentam a cada ano, foi realizada uma reunião na Universidade de São Paulo, na qual estavam presentes representantes do governo e da Embratel, com o objetivo de criar uma rede que visava interligar a comunidade acadêmica e científica do Brasil com outros países com a finalidade de trocar informações.