O piloto Matheus Leist, de 18 anos, mostrou mais uma vez porque é considerado um dos principais talentos do automobilismo brasileiro em busca de um lugar numa categoria top internacional. Depois de vencer em sua estreia no oval de Indianápolis e no circuito misto de Road America, neste domingo (09) ele também venceu em sua primeira corrida no oval de Iowa.

Mais uma vitória de Matheus Leist: desta vez em Iowa, saindo de 10º para 1º
Mais uma vitória de Matheus Leist: desta vez em Iowa, saindo de 10º para 1º

Matheus Leist da Indy Lights talentos do automobilismo brasileiro
Por Redação Edmundo Nasci8mento | quarta-feira, 12 de julho de 2017 – 19h55

Com o resultado, o gaúcho de Novo Hamburgo se tornou o piloto que mais venceu na temporada na Indy Lights – ele também é o melhor novato, ocupando a segunda posição, atrás apenas de Kyle Kaiser, norte-americano que faz seu terceiro ano na divisão de acesso da Indy Lights. A vitória de Leist fez a diferença cair de 27 para apenas 13 pontos.

O brasileiro da equipe Carlin também chamou atenção pela maneira que a vitória foi conquistada: ele largou apenas na décima colocação e conseguiu ultrapassar um a um seus adversários na pista, já que na Indy Lights não há pit stops.

A vitória foi consolidada em um dos grandes momentos de Leist no ano: em uma relargada, ele saltou para de sétimo para primeiro em menos de dois minutos, com manobras de ultrapassagens impressionantes. Sua vantagem foi ser o único piloto a andar na parte mais próxima do muro onde a maioria não arrisca andar e, justamente por isso, tem menor aderência e maior chance de perder o controle do carro.

“Foi um dia incrível, conseguimos sair de décimo para vencer pela terceira vez na temporada. Tentamos um ajuste que não deu certo no qualy, mas sabia que o carro estava excelente. Consegui explorar as linhas de fora e com isso consegui fazer as ultrapassagens e assumir a ponta. O resultado também foi ótimo para o campeonato, seguindo na vice-liderança e diminuímos bem a diferença para o Kyle (Kaiser)”, diz Leist.

O brasileiro fez impressionantes seis ultrapassagens em apenas dois minutos, algo incomum em um oval curto como o de Iowa, de 0.89 milha (cerca de 1,4 km). “Era um risco, claro, mas sabia que não adiantava ficar ali atrás sem tentar algo. Fiz uma ultrapassagem antes da relargada e vi que era possível arriscar por cima, na linha de fora”, diz Leist, que tem como coach o experiente piloto Danilo Dirani.

O bom desempenho do piloto de 18 anos rendeu no último mês um convite para testar um carro da Formula Indy da equipe Andretti em Road America, onde o gaúcho foi o mais rápido entre os novatos. O campeonato da Indy Lights terá mais seis etapas na temporada 2017 – a próxima será em Toronto, no Canadá, com a disputa de rodada dupla nos próximos dias 14 e 15.

Texto: RF1/Divulgação

Fotos: Indy Light/Divulgação.

http://redealmeidense.com.br/f1/wp-content/uploads/2017/07/Leist-da-Indy-Lights-1024x683.jpghttp://redealmeidense.com.br/f1/wp-content/uploads/2017/07/Leist-da-Indy-Lights-150x150.jpgAutomobilismoUncategorizedO piloto Matheus Leist, de 18 anos, mostrou mais uma vez porque é considerado um dos principais talentos do automobilismo brasileiro em busca de um lugar numa categoria top internacional. Depois de vencer em sua estreia no oval de Indianápolis e no circuito misto de Road America, neste domingo...A Fórmula 1 é a mais popular modalidade de automobilismo do mundo.