A primeira conquista de Massa em Interlagos foi logo em sua estreia correndo no Brasil pela Ferrari, em 2006. Em 2007, foi segundo e, no ano seguinte.

Massa se despede de Interlagos como brasileiro com mais pódios na história . Massa ainda conquistaria dois terceiros lugares: em 2012, pela Ferrari, e dois anos depois, pela Williams.
Massa se despede de Interlagos como brasileiro com mais pódios na história . Massa ainda conquistaria dois terceiros lugares: em 2012, pela Ferrari, e dois anos depois, pela Williams.

Felipe Massa fará sua despedida de Interlagos como piloto da Fórmula 1 neste final de semana, mas já chega ao circuito com uma marca que chama a atenção: foi o brasileiro que mais vezes subiu ao pódio correndo em casa.

Assim como Ayrton Senna, Nelson Piquet e Emerson Fittipaldi, Massa tem duas vitórias em solo brasileiro, mas conquistou um total de cinco pódios, contra quatro dos três campeões do mundo do país na F-1. E lembra que a história poderia ter sido ainda mais especial, com um título e uma vitória a mais no currículo.

“A minha história em Interlagos é fantástica, consegui muitos pódios e vitórias. Sem contar o que eu ganhei antes, na Fórmula Chevrolet. Poderia ter conquistado uma a mais [na F-1], o que infelizmente não aconteceu [em 2007, quando dominou a prova, mas cedeu a primeira posição para Kimi Raikkonen para que o então companheiro de Ferrari fosse campeão], e então seria o brasileiro com mais vitórias no GP Brasil”, afirmou ao UOL Esporte. “No papel, não vale. Mas, de coração, eu conto aquela vitória. Larguei na pole e, sem dúvida, teria vencido a corrida, porém foi importante ter ajudado a equipe a ganhar o ritmo.”

A primeira conquista de Massa em Interlagos foi logo em sua estreia correndo no Brasil pela Ferrari, em 2006. Em 2007, foi segundo e, no ano seguinte, venceu novamente mas viu o rival na luta pelo campeonato, Lewis Hamilton, conseguir o quinto lugar de que precisava para selar o título com uma ultrapassagem na última curva.

“Imagine como seria ser campeão em Interlagos, uma história única. Mas independentemente disso, realizei meu sonho de vencer lá e saber que sou o brasileiro com o maior número de pódios é um prazer enorme.”

Massa ainda conquistaria dois terceiros lugares: em 2012, pela Ferrari, e dois anos depois, pela Williams. O piloto acredita que as características da pista e a energia da torcida são fundamentais para que tenha um desempenho particularmente bem na pista paulistana.

“Sempre andei muito bem lá, em qualquer tipo de categoria, então a pista me ajuda demais. Mas a força do público faz parte de um conjunto que sempre me ajudou muito.”

Neste final de semana, Massa tem a complicada missão de encerrar sua passagem por Interlagos na F-1 com mais um pódio. Isso porque sua equipe, a Williams, caiu de rendimento neste ano e ficou entre os três primeiros em apenas uma oportunidade no ano – no GP do Canadá, em junho, com Valtteri Bottas.

Felipe Nasr, que deve ser o único brasileiro no grid ano que vem, sabe da dificuldade, mas está na torcida pelo compatriota. “Sei que, ultimamente, não está fácil para ele chegar no pódio, mas quem sabe ele tenha uma corrida decente. Seria legal ele subir ao pódio na última corrida dele lá. Tenho certeza que a torcida vai recebê-lo muito bem.”

As atividades do GP do Brasil começam na sexta-feira, com duas sessões de treinos livres de 1h30 a partir das 10h e das 14h. No sábado de manhã, às 11h, ocorre o terceiro treino livre, antes da classificação, às 14h. Já a largada será dada às 14h do domingo.