Estreia na Copa das Confederações causa alívio em técnico e organizadores russos, na abertura da Copa das Confederações. Também foi momento de comemoração para o Comitê Organizador da Copa do Mundo de 2018, que viu um de seus estádios mais problemáticos passar no teste de um grande evento.

Rússia derrota a Nova Zelândia na abertura da Copa das Confederações
Rússia derrota a Nova Zelândia na abertura da Copa das Confederações

Por Alexander Winning e Vladimir Soldatkin

SÃO PETERSBURGO (Reuters) – Pressionada como dona da casa e pela má fase da seleção, a Rússia encontrou alívio neste sábado após vencer a Nova Zelândia, por 2 x 0, na abertura da Copa das Confederações. Também foi momento de comemoração para o Comitê Organizador da Copa do Mundo de 2018, que viu um de seus estádios mais problemáticos passar no teste de um grande evento.

A vitória foi obtida diante de 50.251 espectadores e de convidados ilustres, como o presidente do país, Vladimir Putin; da Fifa, Gianni Infantino; e Pelé.

Putin deu as boas-vindas aos torcedores para o que chamou de “grande festival de futebol”, e agradeceu a Infantino e à Fifa pela confiança depositada no país.

“O fato de o líder do país vir à partida é, por um lado, algo positivo, mas também uma grande responsabilidade”, disse o técnico russo, Stanislav Cherchesov, cuja equipe enfrentará Portugal na quarta-feira. “Lidamos bem com a tarefa que estava diante de nós.”

Embora a Rússia esteja sob pressão por uma boa competição após chegar a sua pior posição no ranking da Fifa, a 63ª, o país foi ainda mais cobrado antes do torneio.

O estádio em São Petersburgo, que tem capacidade para 68 mil pessoas, será um dos principais da Copa do Mundo do próximo ano, e é casa do Zenit, mas a sua construção, que demorou 10 anos e foi marcada por atrasos e acusações de corrupção, até o momento causou mais decepção do que o oposto.

Um novo gramado teve que ser feito às pressas depois de tufos de gramas terem saído e alguns pontos de terra ficarem à vista durante a primeira partida realizada no local, em abril.

Antes dos problemas com a grama, o estádio foi alvo de críticas pela tecnologia de gramado retrátil, que fazia o local do jogo vibrar, tornando-o ruim para o bom desenvolvimento da partida.

Mas neste sábado não houve problemas: “Eu não sei como era jogar aqui, mas julgando pela partida, parece que a qualidade é boa. Permitiu que jogássemos”, disse Cherchesov.

http://redealmeidense.com.br/esportes/wp-content/uploads/2017/06/Copa-das-confederacoes-1024x658.jpghttp://redealmeidense.com.br/esportes/wp-content/uploads/2017/06/Copa-das-confederacoes-150x150.jpgespUncategorizedEstreia na Copa das Confederações causa alívio em técnico e organizadores russos, na abertura da Copa das Confederações. Também foi momento de comemoração para o Comitê Organizador da Copa do Mundo de 2018, que viu um de seus estádios mais problemáticos passar no teste de um grande evento. Por Alexander...Copa 18 - Futebol - Atletismo e Automobilismo