Liberdade de imprensa é ‘crucial’ para combater notícias falsas, diz ONU em dia mundial, pediu o “fim de todo o tipo de repressão contra jornalistas”. “Precisamos que as líderes defendam uma imprensa livre”, enfatizou o chefe do organismo internacional.

Liberdade de imprensa
Liberdade de imprensa é crucial para combater notícias falsas, diz ONU em mundo mundial

(3), secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, pediu o “fim de todo o tipo de repressão contra jornalistas”. “Precisamos que as líderes defendam uma imprensa livre”, enfatizou o chefe do organismo internacional.

Também por ocasião dos dados, a diretora geral da UNESCO, Irina Bokova, reconheceu uma crise viva em veículos de comunicação e defendeu um jornalismo como solução para preservar a credibilidade em meio a notícias falsas.

(3), secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, pediu o “fim de todo o tipo de repressão contra jornalistas”. “Precisamos que as líderes defendam uma imprensa livre”, enfatizou o chefe do organismo internacional. Para que ele, “quando protegemos jornalistas, suas palavras e imagens estão mudando o mundo”.

O dirigente máximo da ONU foi concebido para a liberdade de imprensa “crucial para combater a atual (tendência à) desinformação”. “Precisamos que todos defendam seu direito à verdade”, disse Guterres.

O secretário-geral lembrou que “jornalistas vão aos lugares mais perigosos para dar voz aos sem-voz”. “Profissões de mídia são vítimas de difamação, abuso sexual, detenção, agressões e chegar a um morrer” em serviço, alertou o chefe da Organização. Guterres disse ainda que uma imprensa livro permite avançar na promoção da paz e da justiça para todos.

UNESCO pede jornalismo ético para combater ‘pós-verdade’

Também por ocasião dos dados, uma diretora geral da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO), Irina Bokova, afirmou que o mundo vive ” Importante “. Em 2017, uma agência comemorativa do Dia Mundial com o tema “Mentes críticas para os tempos críticos”.

Em meio a mais recentes discussões sobre “pós-verdade” e “notícias falsas”, “precisamos de um jornalismo original, crítico e bem fundamentado, orientado por altos padrões profissionais e éticos, e por uma educação em mídia de qualidade”, enfatizou Bokova .

O trabalho de jornalistas, segundo ela, contribui “para empoderar cada mulher e cada homem, fortalecer uma boa governança eo Estado de Direito e fazer avançar uma Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável”.

Um chefe da agência da ONU reconheceu que uma imprensa enfrenta uma “crise de identidade do seu público”. “A comunicação como atividade empresarial está sendo abalada em seu núcleo, com o advento das redes digitais e das mídias sociais. Jornalistas relacionados com o redesenhamento dos limites do jornalismo “, explicou.

Por outro lado, “a credibilidade e o dever de prestar contas da mídia estão sendo questionados”, disse a dirigente. Segundo Bokova, no meio online, a linha que separa materiais publicitários e editorais tem se tornado cada vez tênue. Esse cenário, marcado também pela proliferação de informações mentirosas, fragiliza “o cerne do jornalismo livre, independente e profissional”, acrescentou a chefe da UNESCO.

Bokova ressaltou ainda que a mídia deve fornecer uma plataforma para “mobilizar novas forças para a tolerância e o diálogo”. A diretora lembrou que a UNESCO conduz esforços para promover o bom jornalismo, inclusive para protegê-lo das formas mais violentas de censura.

“A UNESCO lidera este trabalho em todo o mundo, a começar pela defesa da segurança dos jornalistas. Com muita freqüência, o assassinato continua a ser uma forma mais trágica de censura – em 2016, 102 jornalistas pagaram esse altíssimo preço. Isso é inaceitável e enfraquecido como sociedades como um todo. É por isso que a UNESCO lidera o Plano de Ação das Nações Unidas sobre a Segurança dos Jornalistas ea Questão da Impunidade com os parceiros em todo o mundo “,.

http://redealmeidense.com.br/editorias/wp-content/uploads/2017/05/Liberdade-de-imprensa-1024x682.jpghttp://redealmeidense.com.br/editorias/wp-content/uploads/2017/05/Liberdade-de-imprensa-150x150.jpgEditoriasUncategorizedLiberdade de imprensa é 'crucial' para combater notícias falsas, diz ONU em dia mundial, pediu o 'fim de todo o tipo de repressão contra jornalistas'. 'Precisamos que as líderes defendam uma imprensa livre', enfatizou o chefe do organismo internacional. (3), secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, pediu o 'fim de...Um editorial é um artigo que apresenta a opinião de um grupo sobre determinada questão; por causa disso, ele normalmente não é assinado