Na semana passada, o BC desacelerou o passo e cortou a taxa básica de juros em 0,25 ponto percentual. BC indica que piora no cenário internacional contribui para fim do ciclo de cortes nos juros.

BC indica que piora no cenário internacional contribui
Na semana passada, o BC desacelerou o passo e cortou a taxa básica de juros em 0,25 ponto percentual, ao novo patamar recorde de 6,75 por cento ao ano

BRASÍLIA (Reuters) – O Banco Central indicou que a piora no cenário internacional e a retomada mais consistente da atividade são fatores que contribuem para o fim do ciclo de queda da taxa básica de juros, segundo ata do Comitê de Política Monetária (Copom) divulgada nesta quinta-feira.

“A evolução da conjuntura em linha com o cenário básico do Copom, a recuperação mais consistente da economia e uma piora no cenário internacional favoreceriam a interrupção do processo de flexibilização”, trouxe o documento, em trecho sobre a discussão dos membros do comitê sobre os próximos passos a serem tomados pela autoridade monetária.

Na semana passada, o BC desacelerou o passo e cortou a taxa básica de juros em 0,25 ponto percentual, ao novo patamar recorde de 6,75 por cento ao ano, e sinalizou o fim do ciclo de afrouxamento na Selic devido à melhor recuperação da atividade econômica no país.

Por Marcela Ayres

http://redealmeidense.com.br/economia/wp-content/uploads/2018/02/banco-cntral-do-brasil.jpghttp://redealmeidense.com.br/economia/wp-content/uploads/2018/02/banco-cntral-do-brasil-150x150.jpgecEconomiaNa semana passada, o BC desacelerou o passo e cortou a taxa básica de juros em 0,25 ponto percentual. BC indica que piora no cenário internacional contribui para fim do ciclo de cortes nos juros. BRASÍLIA (Reuters) - O Banco Central indicou que a piora no cenário internacional e a...Análise da produção, distribuição e consumo de bens e serviços