A melhora em janeiro seria resultado principalmente da avaliação sobre o momento atual. Prévia da confiança da indústria indica melhora no início de 2018, segundo FGV.

Linha de produção da fabrica de sapatos em Conceição do Almeida
Linha de produção da fabrica de sapatos em Conceição do Almeida

SÃO PAULO (Reuters) – A prévia do Índice de Confiança da Indústria (ICI) mostrou que o setor iniciou 2018 com melhora do sentimento, dando continuidade à tendência de alta vista no final do ano passado.

A Fundação Getulio Vargas (FGV) informou nesta segunda-feira que a prévia do ICI apontou avanço de 0,5 ponto, chegando a 99,9 pontos, patamar mais elevado desde setembro de 2013 (101,7 pontos).

A melhora em janeiro seria resultado principalmente da avaliação sobre o momento atual, uma vez que o Índice da Situação Atual (ISA) indica avanço de 2,3 pontos, para 100,8 pontos.

Por outro lado o Índice de Expectativas (IE) cairia 1,3 ponto, para 99,0 pontos.

O Nível de Utilização da Capacidade Instalada da Indústria, segundo a FGV, registraria avanço de 0,1 ponto percentual no resultado preliminar do primeiro mês do ano, a 74,8 por cento, o melhor desde dezembro de 2015 (75,0 por cento).

Em novembro, a produção industrial brasileira cresceu pelo terceiro mês seguido, a um ritmo de 0,2 por cento sobre o mês anterior, com impulso da demanda de fim de ano.

Por Camila Moreira

http://redealmeidense.com.br/economia/wp-content/uploads/2018/01/Sapatos-1024x766.jpghttp://redealmeidense.com.br/economia/wp-content/uploads/2018/01/Sapatos-150x150.jpgecEconomiaA melhora em janeiro seria resultado principalmente da avaliação sobre o momento atual. Prévia da confiança da indústria indica melhora no início de 2018, segundo FGV. SÃO PAULO (Reuters) - A prévia do Índice de Confiança da Indústria (ICI) mostrou que o setor iniciou 2018 com melhora do sentimento, dando...Análise da produção, distribuição e consumo de bens e serviços