Brasil enfrenta quase década perdida devido a crise: economistas

Brasil enfrenta quase década perdida devido a crise: economistas
Brasil enfrenta quase década perdida devido a crise: economistas

Por Luiz Gerbelli

SÃO PAULO O Brasil provavelmente sofrerá quase uma década perdida de desenvolvimento econômico com padrões de vida que não retornam aos níveis pré-crise até cerca de 2022, disseram economistas na sexta-feira.

A lenta recuperação do Brasil em relação a sua pior recessão significa que serão necessários mais cinco anos até que o produto interno bruto per capita – uma medida do padrão de vida de um país – volte ao seu lugar em 2013 antes da crise, disse o economista Bruno Lavieri.

“É quase uma década perdida”, disse Lavieri da consultoria 4E.

A maior economia da América Latina provavelmente se contraiu mais de 3% por segundo ano consecutivo em 2016, de acordo com uma pesquisa da Reuters sobre as expectativas de crescimento oficial em 7 de março.

Perspectivas de uma década perdida elevam as chances do presidente Michel Temer e sua ambiciosa agenda de reformas econômicas, vistas por muitos analistas como a única maneira de o Brasil aumentar a produtividade e crescer a uma taxa sustentável no futuro.

A economia é esperado para retomar o crescimento este ano em um ritmo lento de cerca de 0,5 por cento depois de ser atacado por preços das commodities fracos e consequências políticas do escândalo do enxerto na empresa estatal de petróleo Petrobras ( PETR4.SA ).

Desde que a recessão começou em 2014, o PIB per capita caiu 9,6%, disse Julio Mereb, economista da Fundação Getulio Vargas. Economistas como Alessandra Ribeiro, sócia da consultoria Tendencias, não esperam que o indicador volte ao patamar recorde de 2013 de 30.800 reais (9.903 dólares) até 2023.

A balconista Andréia Zanetti, 34 anos, está entre os brasileiros que sentiram uma queda dramática na renda. Ela passou sete meses procurando um emprego e concordou em ganhar cerca de metade do que costumava antes do desemprego.

“Tive que mudar de hábito de compra, parei de almoçar e jantar e cancelar meu telefone fixo”, disse ela à Reuters. “Eu mudei mesmo o leite do meu filho a uma marca mais barata.”

(Escrito por Silvio Cascione, edição de Andrew Hay)

http://redealmeidense.com.br/busca/wp-content/uploads/2017/02/Espírito-Santo-pede-mais-tropas-federais-para-conter-violência.jpghttp://redealmeidense.com.br/busca/wp-content/uploads/2017/02/Espírito-Santo-pede-mais-tropas-federais-para-conter-violência-150x150.jpgSuaUncategorizedBrasil enfrenta quase década perdida devido a crise: economistas Por Luiz Gerbelli SÃO PAULO O Brasil provavelmente sofrerá quase uma década perdida de desenvolvimento econômico com padrões de vida que não retornam aos níveis pré-crise até cerca de 2022, disseram economistas na sexta-feira. A lenta recuperação do Brasil em relação a sua...Tudo sobre o Brasil 2017