Admirável álbum de Jorge Ben, ‘Solta o pavão’ ganha novas ‘asas’ em CD,Em ordem cronológica, o álbum Solta o pavão está alocado entre dois clássicos da discografia de Jorge Ben Jor.

Admirável álbum de Jorge Ben, 'Solta o pavão' ganha novas 'asas' em CD
Admirável álbum de Jorge Ben, ‘Solta o pavão’ ganha novas ‘asas’ em CD

Em ordem cronológica, o álbum Solta o pavão está alocado entre dois clássicos da discografia de Jorge Ben Jor, A tábua de esmeraldas (1974) e África Brasil (1976), ambos considerados influentes obras-primas do Zé Pretinho. Contudo, Solta o pavão, álbum lançado em 1975 pela gravadora Philips e reeditado em CD neste mês de maio de 2017, também merece loas e menções honrosas.

Solta o pavão é o disco em que Ben apresentou o grupo Admiral Jorge V. Rebatendo na tecla alquimista do álbum de 1974, como já se pode perceber nos signos esotéricos expostos na capa criada por Aldo Luiz com arte de Jorge Vianna, Solta o pavão apresentou também a gravação original de Jorge da Capadócia, tema místico que Fernanda Abreu tomaria para si ao recriá-lo em disco de 1992, saudando Jorge, o santo e o artista. É disco em que Ben ainda toca violão, mas já dá início ao processo de eletrificação da música do compositor – em ação concluída na segunda metade dos anos 1970, quando o músico trocou o violão pela guitarra.

Com direito ao toque de um piano elétrico (o de João Vanda Luz), Solta o pavão versa basicamente sobre mulheres, futebol e crenças de natureza religiosa e mística – trinca recorrente no cancioneiro de Jorge. Musicalmente, Solta o pavão alça voo ao cair no suingue com mistura de samba, funk, soul e samba-rock sem fronteiras rítmicas definidas. Música que abre o disco, Zagueiro mostra que Ben geralmente marcava gol quando entrava em campo para falar de futebol e de ídolos do esporte (no caso, do zagueiro Rondinelli, craque do Flamengo, time de Ben).

Na ordem do disco, Dorothy é a primeira musa a ser exaltada, com direito à voz da cantora Evinha. A presença do Quarteto em Cy em Para ouvir no rádio (Luciana) reforça a exaltação à outra musa em disco que também celebra Dumingaz (a musa máxima do craque da música) e Jesualda. Enfim, Solta o pavão capta Jorge Ben ainda no auge da criatividade que soaria progressivamente mais rarefeita a partir da década de 1980. É disco ainda moderno que merece audição, elogio e culto por ser (também) um admirável álbum de Jorge Ben.

(Crédito da imagem: capa do álbum Solta o pavão, de Jorge Ben Jor)

http://redealmeidense.com.br/bahia/wp-content/uploads/2017/05/ordem.jpghttp://redealmeidense.com.br/bahia/wp-content/uploads/2017/05/ordem-150x150.jpgsalUncategorizedAdmirável álbum de Jorge Ben, 'Solta o pavão' ganha novas 'asas' em CD,Em ordem cronológica, o álbum Solta o pavão está alocado entre dois clássicos da discografia de Jorge Ben Jor. Em ordem cronológica, o álbum Solta o pavão está alocado entre dois clássicos da discografia de Jorge Ben Jor,...Tudo sobre a Bahia e Salvador