Polícia do Rio Grande do Norte encerra greve após 22 dias. PMs aceitaram a proposta do Governo do Estado, que redigiu um Termo de Ajustamento de Gestão.

Os PMs aceitaram a proposta do Governo do Estado, que redigiu um Termo de Ajustamento de Gestão. O Executivo se comprometeu a pagar o salário de dezembro, enviar uma proposta à Assembleia para que os servidores tenham acesso ao 13º em uma instituição bancária com responsabilidade financeira por parte do Estado e usar R$ 100 milhões oriundos do Governo Federal para resolver problemas estruturais da PM. A Polícia Civil também aceitou a proposta do estado e anunciou o fim da paralisação.