O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, demitiu nesta segunda-feira seu diretor de Comunicação, Anthony Scaramucci

O New York Times e o Politico relataram que Kelly havia pedido a Trump para que demitisse Scaramucci
O New York Times e o Politico relataram que Kelly havia pedido a Trump para que demitisse Scaramucci

Por Roberta Rampton e Ayesha Rascoe

WASHINGTON (Reuters) – O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, demitiu nesta segunda-feira seu diretor de Comunicação, Anthony Scaramucci, após pouco mais de uma semana no cargo, por conta de declarações obscenas, na mais recente turbulência a atingir a administração republicana em seis meses.

A saída de Scaramucci ocorre depois de uma das semanas mais conturbadas da Presidência de Trump, na qual um grande esforço republicano para alterar o sistema de saúde dos EUA fracassou no Congresso e seu porta-voz e chefe de gabinete anterior deixaram seus cargos.

Trump removeu Scaramucci no mesmo dia que nomeou um novo chefe de gabinete da Casa Branca, o general da reserva dos Fuzileiros Navais John Kelly, que deve levar mais disciplina ao que se tornou uma caótica Casa Branca.

"O presidente certamente sentiu que os comentários de Anthony eram inapropriados para alguém naquela posição e ele não quis deixar um fardo para o general Kelly", disse a porta-voz da Casa Branca Sandra Sanders em briefing.

Scaramucci, que havia sido nomeado para o cargo por Trump há 10 dias, atacou o então chefe de gabinete da Casa Branca, Reince Priebus, e o estrategista-chefe de Trump, Steve Bannon, com palavras de baixo calão em entrevista à revista New Yorker, na semana passada.

O New York Times e o Politico relataram que Kelly havia pedido a Trump para que demitisse Scaramucci, um abrasivo financista de Nova York.

Trump apareceu nesta segunda-feira com Kelly no Salão Oval e em um encontro de gabinete, no qual previu que o novo chefe de gabinete iria fazer um “trabalho espetacular”. Ele elogiou Kelly por evitar controvérsias durante seu período supervisionando questões de segurança fronteiriça no Departamento de Segurança Interna dos EUA.

“Com uma situação muito controversa, tem havido muita pouca controvérsia, o que é realmente incrível por si só”, disse Trump.

Republicanos temem que o caos no gabinete da Casa Branca possa descarrilar qualquer tentativa de reviver esforços para revogar e substituir a lei de saúde Obamacare e um plano para revisar o sistema fiscal norte-americano.

O dólar atingiu o nível mais baixo em mais de dois anos e meio ante o euro, devido a ajustes de fim do mês nos portfólios e incertezas no panorama político norte-americano após a saída de Scaramucci.

Reportagem adicional de Steve Holland e Mark Hosenball

http://redealmeidense.com.br/wp-content/uploads/Scaramucci.pnghttp://redealmeidense.com.br/wp-content/uploads/Scaramucci-150x95.pngRede AlmeidenseMundoO presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, demitiu nesta segunda-feira seu diretor de Comunicação, Anthony Scaramucci Por Roberta Rampton e Ayesha Rascoe WASHINGTON (Reuters) - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, demitiu nesta segunda-feira seu diretor de Comunicação, Anthony Scaramucci, após pouco mais de uma semana no cargo, por conta...Notícia de política e informações financeiras.