A reprovação ao governo do presidente Michel Temer subiu para 70 por cento em julho ante 55 por cento em março, de acordo com pesquisa CNI/Ibope

Temer, Geddel e Moreira já negaram publicamente envolvimento em ilícitos. Funaro
Temer, Geddel e Moreira já negaram publicamente envolvimento em ilícitos. Funaro

BRASÍLIA (Reuters) – A reprovação ao governo do presidente Michel Temer subiu para 70 por cento em julho ante 55 por cento em março, de acordo com pesquisa CNI/Ibope divulgada nesta quinta-feira, que apontou ainda desaprovação de 83 por cento à maneira de governar de Temer, contra 73 por cento no levantamento passado.

A aprovação ao governo ficou em 5 por cento, ante 10 por cento em março, enquanto aqueles que consideram o governo regular somaram 21 por cento, contra 31 por cento, segundo o levantamento.

A pesquisa ouviu 2 mil pessoas em 125 municípios entre 13 e 16 de julho. A margem de erro é de 2 pontos percentuais.

Por Maria Carolina Marcello

http://redealmeidense.com.br/wp-content/uploads/presidente-do-brasil-michel-temer-1024x618.jpghttp://redealmeidense.com.br/wp-content/uploads/presidente-do-brasil-michel-temer-150x91.jpgRede AlmeidensedestaqueA reprovação ao governo do presidente Michel Temer subiu para 70 por cento em julho ante 55 por cento em março, de acordo com pesquisa CNI/Ibope BRASÍLIA (Reuters) - A reprovação ao governo do presidente Michel Temer subiu para 70 por cento em julho ante 55 por cento em...Notícia de política e informações financeiras.