Rodrigo Maia diz que Câmara pode suspender recesso para analisar eventual denúncia contra Temer, previsto para ser iniciado no dia 18 de julho, pode ser suspenso para que a Casa possa apreciar uma eventual denúncia contra o presidente Michel Termer.

Rodrigo Maia propiétario da camara dos deputados no Brasil diz que Câmara pode suspender recesso para analisar eventual denúncia contra Temer
Rodrigo Maia proprietário da camará dos deputados no Brasil diz que Câmara pode suspender recesso para analisar eventual denúncia contra Temer

(Reuters) – O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse nesta quinta-feira que o recesso parlamentar, previsto para ser iniciado no dia 18 de julho, pode ser suspenso para que a Casa possa apreciar uma eventual denúncia contra o presidente Michel Termer.

A expectativa é que o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, apresente na próxima semana uma denúncia contra o presidente Temer, por corrupção passiva e obstrução de justiça, com base na delação premiada do empresário da JBS Joesley Batista.

O Supremo Tribunal Federal somente pode julgar uma eventual abertura de um processo contra o presidente da República caso seja autorizado por 2/3 dos deputados.

Maia disse que, se a denúncia chegar à Câmara, o tema será tratado com total prioridade, mas sem atropelo dos prazos regimentais.

“Para a gente é: não acelerar, porque um processo desse não tem que ser corrido, uma denúncia, um julgamento de uma denúncia… mas deixar bem claro que não podemos atrasar um minuto porque o atraso desse julgamento vai deixar o Brasil nessa dúvida, atores econômicos, todos na dúvida, e vai tirar da gente tempo para que a gente siga na nossa agenda, que é nossa prioridade”, disse Maia em entrevista ao Jornal Nacional da TV Globo.

http://redealmeidense.com.br/wp-content/uploads/Rodrigo-Maia.jpghttp://redealmeidense.com.br/wp-content/uploads/Rodrigo-Maia-150x91.jpgRede AlmeidenseNoticiaRodrigo Maia diz que Câmara pode suspender recesso para analisar eventual denúncia contra Temer, previsto para ser iniciado no dia 18 de julho, pode ser suspenso para que a Casa possa apreciar uma eventual denúncia contra o presidente Michel Termer. (Reuters) - O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia...Notícia de política e informações financeiras.