O presidente do Brasil, Michel Temer, tentou minimizar a sonda de carnes, dizendo que envolvia apenas 21 das mais de 4.800 unidades de processamento de carne do Brasil.

Um veterinário analisa um pedaço de carne coletado pelos agentes de Vigilância Sanitária durante uma inspeção de supermercados, em um laboratório veterinário do Departamento de Saúde Pública do Rio de Janeiro, Brasil, 20 de março de 2017. REUTERS / Ricardo Moraes
Um veterinário analisa um pedaço de carne coletado pelos agentes de Vigilância Sanitária durante uma inspeção de supermercados, em um laboratório veterinário do Departamento de Saúde Pública do Rio de Janeiro, Brasil, 20 de março de 2017. REUTERS / Ricardo Moraes

Mas Francisco Turra, presidente da Associação Brasileira de Produtores de Carne ABPA, disse aos jornalistas que colocou toda a indústria de carne em perigo e “destruiu” uma imagem duramente conquistada de produtos de qualidade.

A China, que representou cerca de um terço das exportações da indústria brasileira de carnes em 13,9 bilhões de dólares no ano passado, suspendeu as importações de todos os produtos de carne do Brasil como medida de precaução.

A União Européia suspendeu as importações de quatro fábricas brasileiras de processamento de carne, disse a ABPA, citando o ministério da agricultura do país.

Ricardo Santin, vice-presidente de mercados da ABPA, disse que duas das plantas suspensas processam aves de capoeira, uma carne bovina e a outra carne de cavalo. Uma das plantas de aves é operada pela BRF, disse Santin.

Em comunicado, a BRF informou que a empresa não recebeu qualquer notificação das autoridades brasileiras ou estrangeiras sobre a suspensão de suas plantas.

O Ministério da Agricultura da Coréia do Sul disse em um comunicado que reforçaria as inspeções da carne de frango brasileira importada e quebraria temporariamente as vendas de produtos de frango pela BRF.

Mais de 80% das 107.400 toneladas de frango que a Coréia do Sul importou no ano passado vieram do Brasil, e a BRF forneceu quase metade disso.

http://redealmeidense.com.br/wp-content/uploads/2017/03/Um-veterinário-analisa-um-pedaço-de-carne-coletado-pelos-agentes-de-Vigilância.jpghttp://redealmeidense.com.br/wp-content/uploads/2017/03/Um-veterinário-analisa-um-pedaço-de-carne-coletado-pelos-agentes-de-Vigilância-250x172.jpgRede AlmeidenseNoticiaO presidente do Brasil, Michel Temer, tentou minimizar a sonda de carnes, dizendo que envolvia apenas 21 das mais de 4.800 unidades de processamento de carne do Brasil. Mas Francisco Turra, presidente da Associação Brasileira de Produtores de Carne ABPA, disse aos jornalistas que colocou toda a indústria de carne...Notícia de política e informações financeiras.