O número de mortos após a tentativa de golpe de Estado na Turquia subiu para mais de 290, disse o Ministério de Relações Exteriores

Protestante Ieshia Evans é detido pela polícia perto da sede do Departamento de Polícia de Baton Rouge em Baton Rouge
Protestante Ieshia Evans é detido pela polícia perto da sede do Departamento de Polícia de Baton Rouge em Baton Rouge
O número de mortos após a tentativa de golpe de Estado na Turquia subiu para mais de 290
O número de mortos após a tentativa de golpe de Estado na Turquia subiu para mais de 290

ANCARA (Reuters) – O número de mortos após a tentativa de golpe de Estado na Turquia subiu para mais de 290, disse o Ministério de Relações Exteriores em um comunicado neste domingo, acrescentando que mais de 1.400 pessoas ficaram feridas.

Dos mortos, mais de 100 eram de participantes do golpe, disse o ministério, afirmando ainda que não há dúvidas que a operação foi organizada por seguidores do clérigo muçulmano Fethullah Gulen.

Gulen, que vive em exílio voluntário nos Estados Unidos, negou envolvimento na tentativa de derrubar o governo turco, condenando a ação como uma afronta à democracia.

(Por Tulay Karadeniz)